Episódio 28 17-05-2013

Simão vê Micael e Catarina aos beijos

Vídeo
Fotos
Vítor e César ameaçam-se mutuamente e é Graciete quem os separa e acalma. César reforça a ideia de que Vítor tem de escolher de que lado é que está e Vítor diz a César para nunca mais aparecer lá em casa sem ser convidado. Antes do polícia sair do café, César diz-lhe que o polícia que mantou Toni tem a cabeça a prémio. Vítor fica reticente, mas não se deixa ficar.

É o primeiro dia de Catarina na loja de frangos e Micael não a larga, completamente apaixonado. A rapariga tenta ser mais discreta para que ninguém perceba a relação entre os dois.

Amélia vai buscar Simão para irem almoçar fora e este dirige-se ao escritório para dizer ao filho. Ao entrar, depara-se com um beijo apaixonado entre Catarina e Micael e fica atrapalhado sem saber o que fazer. Amélia leva Simão a almoçar no Don Pellegrino somente para ter a oportunidade de humilhar Constança, o que deixa Simão muito desconfortável. Ao ver que algo de errado se passa naquela mesa, Paula aproveita para ir perguntar a Amélia se há algum problema com o serviço. Amélia diz a Paula que se percebe que Constança não tem muita experiência e que comete muitos erros. Simão acusa a mulher de já saber que Constança estava naquela posição, mas Amélia mente.

Após uma apresentação a administradores do grupo, Pedro recebe a visita dos advogados dos irmãos Malta. Os advogados pedem para ver os papéis de transição de poder de Aníbal para Pedro e este não consegue esconder uma certa apreensão. No então, Pedro liga ao seu advogado que lhe garante ter tudo em ordem e o deixa mais descansado.

César e Maneca conversam sobre o envolvimento de Gilberto na situação do assalto. César diz ao amigo que acredita que foi Gilberto quem mandou matar o jogador antes que ele expusesse o que se passava no restaurante. Maneca pergunta-lhe como é que Gilberto chegou a Toni e César afirma que poderá ter sido através de Nando. César diz que vai ter uma conversa séria com Gilberto.

Patrícia encontra João na loja de frangos e vai conversar com ele. A cabeleireira mostra-se solidária com João pelo que aconteceu com Salomé e ele afirma sentir-se parvo e Patrícia diz-lhe que ela é que é a mais parva do bairro da pedra. Quando começa a contar-lhe a história de Viana o seu frango fica pronto e a cabeleireira vai embora, deixando João curioso e fazendo com que ele peça para a acompanhar até ao cabeleireiro. Patrícia acaba por lhe contar a verdade sobre Viana e por lhe dizer que tudo se ultrapassa na vida.

Lara confessa a Salomé que já tinha saudades de ter companhia e que a tia é a pessoa ideal para a ajudar a conquistar Micael. Salomé aconselha-a a largar essa obsessão, mas a sobrinha diz que ama Micael. Salomé lança-lhe algumas palavras duras, afirmando que Micael não parece sentir a falta dela e que o melhor que ela tem a fazer é esquecê-lo. Lara fica contrariada.

Constança continua a servir Amélia e Simão, mas ao chegar à mesa com os pratos, quase os deixar cair por tropeçar na carteira de Amélia. A mulher de Simão aproveita para armar um escândalo que deixa Constança de lágrimas nos olhos.

Simão fica preocupado com Constança e insiste em pagar o almoço, mas Paula recusa. Quando Simão e Amélia estão prestes a sair do restaurante, entre César que se dirige ao privado. Simão vê-o e fica muito intrigado.

Pedro está a consultar alguns documentos quando bárbara entra. Informa-o que os advogados de Constança já saíram e que já consultaram todos os documentos que pretendiam.

César entra no privado e fala de forma dura com Gilberto. César pergunta-lhe onde está Nando e afirma saber que foi Gilberto quem armou o assalto para o jogador. Gilberto nega tudo e César perde a cabeça, apontando-lhe uma arma. Gilberto consegue manipular César e faz-lhe uma ameaça. César acaba por se acalmar e ir embora, prometendo voltar assim que tiver a certeza que foi Gilberto que provocou aquela situação.