10 dez 2015

De volta ao passado

Lembra-se das velhas cassetes de rádio? Aquelas em que enrolávamos a fita com os dedos para voltar para trás? Então e lembra-se daqueles perfumes de lavanda num frasquinho verde? Hoje fizemos uma viagem ao passado e recordámos objetos que marcaram a infância e adolescência de quem cresceu e viveu as décadas de 1970 e 1980, e das quais hoje praticamente não se fala. 

O jornalista, Pedro Marta Santos lançou um livro «Lembras-te disto?» e nós lembramo-nos destes e mais objetos que tanto usávamos há uns anos e que agora os mais jovens nem sabem o que são, nem para o que servem. 

Quer recordá-los? Venha dai! Vamos abrir o baú, neste caso, o livro das recordações. 

Pedro Santos salienta que os anos 80 foram «uma época marcante, porque houve um conjunto de novidades e revoluções globais.», afirmou o jornalista. 

Nos últimos 15 anos estas pequenas coisas, como as cassetes de rádio, os discos de vinil, etc, foram desaparecendo e fazendo mesmo com que se pense que tudo isto «já foi há muito tempo, num passado longínquo, mas não, não foi assim há tanto», comentou o jornalista.
 
«Há 15 anos, vivíamos num mundo tátil, hoje vivemos num mundo ficcional e informático», afirmou. 

O tempo passa mas, as nossas memórias, essas prevalecem para sempre. Por isso, os frascos de perfume verdes, os cavalos de madeira, os barriguitas, os pinipons, o Lego, os bonecos da Playmobil, o jogo do sabichão, e muitas outras coisas, fizeram parte do crescimento dos 'mais velhos' e hoje são vistos apenas como 'memórias de outros tempos'.

O mercado evoluiu, hoje as crianças já não brincam com Playmobil, nem usam sebentas na escola. Os bonecos praticamente desapareceram, sendo quase substituídos por consolas e outros tipos de tecnologias. 

Por isso, se tem saudades dos brinquedos e dos objetos da sua infância, da permanente com volume exagerado e das perneiras do "Fame", veja o vídeo e sinta-se novamente uma criança.

Gostou de recordar? É sempre bom :)  

 

Página Oficial do Você na TV