Condenado burlão que se fez passar por sem-abrigo

14 jul 2017

O Tribunal condenou António a 5 anos e meio de prisão, por 9 crimes de burla qualificada, falsificação de documento, uso de documento de identificação e condução sem habilitação legal.

Crónica Criminal

Carregar mais...

Página Oficial do Você na TV