O que procura?

Sinopse

Fala-me de Amor

Quatro mulheres, amigas de infância. Cúmplices e confidentes.

Sara era uma rapariga extraordinariamente bonita e inteligente, de espírito vivo, cheia de generosidade e alegria de viver.

Tudo mudou quando, ainda adolescente foi vítima de uma brutal violação que deixou feridas insanáveis e a tornou egocêntrica e desconfiada, sobretudo dos homens que seduz e usa sem nunca se envolver.

Casou com um médico bem sucedido, Eduardo, e teve uma filha, mas abandonou-o, levando consigo boa parte da conta bancária do casal. Passou anos a viajar pela Europa mas volta agora, inesperadamente, afundada em dívidas e mostrando sentido arrependimento.

Quer recuperar o que perdeu. Acima de tudo, quer recuperar a filha Beatriz, a única que consegue aquecer o seu coração de gelo. Mas o marido, divorciara-se entretanto e está noivo de Marta, uma jovem enfermeira que trabalha com ele. Mas Sara não desistirá dos seus objectivos e, sem qualquer pudor, lançará mão de tudo para os alcançar. Mas não contava com um inesperado obstáculo: Pedro, um médico amigo de Eduardo que lhe desperta sentimentos que julgava impossíveis.

Qual será a escolha de Sara?

Joana começa a questionar o seu casamento, após dezoito anos de união com Zé Maria. Tem uma vida confortável e um relacionamento amistoso mas sem paixão.

Os filhos Gonçalo e Clara são dois adolescentes bem comportados e com um futuro promissor. Mas uma sombra paira sobre a família: O filho mais novo - Frederico - desapareceu quando tinha três anos, num incidente dramático. Julga-se que tenha sido raptado.

Joana nunca se conformou com a perda do filho e acredita que um dia vai reavê-lo. A perda do filho, o desprezo do marido, a solidão e a indiferença dos filhos levaram Joana a beber em excesso.

Hoje tem um grave problema de alcoolismo que, para manter as aparências, se recusa a admitir. A chegada de Sara é uma oportunidade para ganhar auto-estima e libertar-se de uma relação minada por falsidades e hipocrisias.

Margarida é a mais determinada e ambiciosa das quatro amigas. Investiu tudo na carreira. Casou com Luís, um modesto vendedor de informática na empresa de Zé Maria.

Luís é afável e divertido mas inconsciente e gastador e é Margarida quem sustenta a casa, trabalhando cada vez mais para manter um nível de vida acima das suas posses. As discussões sobre dinheiro são frequentes, mas Luís leva sempre a melhor. Aliás, Margarida sabe pouco sobre o marido e as filhas, Filipa e Rita, que cresceram com uma mãe ausente e um pai demasiado permissivo.

Quando Luís se envolve com Fernanda, uma colega de trabalho, Margarida recusa-se a admitir que a rapariga possa ser uma rival à sua altura. Tarde demais, apercebe-se do que perdeu. E põe tudo em risco: As filhas, a carreira, a própria vida. Conseguirá recompor-se e começar tudo de novo?

Leonor era a romântica do grupo. Sonhava encontrar a alma gémea e ser feliz para sempre numa casa com muitos filhos. Nada disso aconteceu.

O príncipe encantado tarda em chegar e a auto-estima vai diminuindo com o aumento de idade. Apaixona-se sempre pelo homem errado. Já teve muitas desilusões mas não desanima. Tornou-se um alvo fácil de relações ocasionais.

Trabalha como secretária num consultório médico e actualmente o protagonista dos seus sonhos cor-de-rosa é Jorge, um jovem médico brilhante sob todos os aspectos e aparentemente fora do seu alcance. Por isso, tão apetecido. Tão enleada está que não se apercebe dos sentimentos de Vasco que esconde o seu amor por ela sob uma capa de desprezo pelas fragilidades femininas.