NESTE EPISÓDIO...

João ataca os mafiosos num beco, atendendo uma chamada que eles recebem e dizendo, como se estivesse a falar com Zhu, que não vai trabalhar para ele.

No jornal, Helena e Rodrigo desabafam um com o outro e a intimidade cresce entre os dois, acabando por se beijar, mas Helena cessa o beijo e afirma que tem de se ir embora.

Emília faz um chá para Tiago tomar, que está podre de bêbado, mas ele reage mal quando ela lhe chama mariquinhas e quase a agride.

Amália acorda na cama com Rafael, não se lembrando de nada do que aconteceu e pede-lhe que nunca mais lhe dirija a palavra a não ser por motivos profissionais.

Margarida conta a história do homem que lhe deu o medalhão da sorte a João, que tenta pagar a conta com os cartões de crédito, mas estes são recusados. João afirma já ter percebido porque Zhu lhe ficou com o passaporte, dizendo a Margarida para não perder o medalhão, pois vão precisar de sorte.

Amália acaba por contar a Clara que Henrique a seduziu e a abandonou de seguida.

João fala com o banco e percebe que está completamente a zeros, afirmando a Margarida que perdeu tudo e que o dinheiro é impossível de localizar.

 

Margarida insiste para João ir à polícia, mas João afirma que não tem meios de provar nada e que aquela é a forma de Zhu o pressionar a voltar e a arranjar trabalho.

Helena fala com Rodrigo, a quem diz que não vai fingir que nada aconteceu entre ambos, pedindo-lhe apenas tempo para resolver as coisas com Vítor em casa.

Óscar passa-se com os elementos da Brigada, nomeadamente com Miguel e Tiago, deixando todos incrédulos.