NESTE EPISÓDIO...

Afonso está de saída da PJ com Vítor, quando Diogo entra com Óscar e Cátia, e Afonso acrescenta que é bom ver justiça a ser feita. Diogo diz a Óscar e Cátia que não atirou em ninguém.

Tomás vai prestar solidariedade a Maria João e diz que fará por ela tudo o que ela pedir, deixando Maria João com um sorriso maquiavélico no rosto.

Óscar e Cátia interrogam Diogo sobre a relação dele e de Teodoro com Gabriela e fica fulo quando eles falam no carro que Teodoro deu à rapariga dias antes do crime. Diogo fica detido.

Renato não se conforma por Diogo estar preso injustamente, mas nem o pai nem a irmã o deixam fazer nada, com Ti Chico a afirmar que aquela família não se sacrifica mais pelos Guerra.

Margarida diz a Diana que vai voltar a Macau e depois Diana quer saber se Tomás falava com a irmã sobre os negócios do pai, especialmente o negócio com os americanos, mas tanto Margarida como Diana chegam à conclusão que Tomás não seria burro ao ponto de aplicar um golpe na família.

Ti Chico diz a Cátia e Miguel que lhe roubaram a arma quando lhe assaltaram a casa e os polícias interrogam-se onde estará a arma.