Diogo Guerra

Duarte Gomes

Diogo é a carta fora do baralho. É a figura que está sempre no limiar do bem e do mal, das alianças complexas e dos amores improváveis. Sendo o mais inconformado dos irmãos Guerra, é o que mais se insurge contra a figura do pai, com quem tem um permanente conflito violento. Irrascível e compulsivo, será capaz de tudo para encontrar o homem que quer ser, mesmo que tenha de perder o homem que é.