NESTE EPISÓDIO...

Manuel chega ao Paço e diz que tem consigo documentos que Duarte pediu para guardar e que fazem de Maria Luísa a dona do paço do Souto, caso não sejam liquidados os muitos empréstimos que ela fez a Duarte.

Miro, Ramón e Roni concordam que foi Madalena, que sabendo das dívidas, matou Maria Luísa, para se apoderar de tudo.

Diego diz a Maria Luísa que sabe que ela ia queimar os documentos que provam que ela é dona do paço e ela fica agitada.

Diego acusa os Alvarenga, com a cumplicidade de Zé Avelino, de ter tentado matar Maria Luísa e Zé Avelino e Diego pegam-se.

Vitó Carlos está em casa de Calu e conta a Soraia que desistiu de ir para Angola por amor, mas para já não quer que ela saiba que ele não foi.

Leonor toca à campainha dos M´Bongo e Soraia fica aflita e manda calar Vitó Carlos. Leonor grita que quer ver o filho, mas é invadida pelo sentimento de culpa e desiste.

Luz encontra uma carta onde Maria Luísa diz que viveu demasiado tempo em cativeiro e que precisa de ser livre.

Madalena faz chantagem com Manel e diz-lhe que se os documentos não desaparecerem vai denunciá-lo a ele e Dinis por terem recorrido ilegalmente a uma barriga de aluguer.