Ramón Fuentes

Joaquim Horta

Cigano de origem galega. Ainda muito jovem, casou com Madalena que seria a paixão da sua vida. Mas o casamento não sobreviveu aos festejos. A noiva abandonou a comunidade e escondeu as suas origens ciganas. Ramón casou então com Soraia que não podia ter filhos. Adotou como sua uma bebé que encontrou, abandonada no rio e chamou-lhe Luz. Quando se tornou aparente que Luz não era cigana, Soraia rejeitou-a e isso motivou a separação do casal. Ramón saiu do país, levando a menina consigo. Andou pelo mundo e os dois criaram uma relação indestrutível. Ramón não é má pessoa, mas faz coisas mal feitas. Sobretudo se for para desviar a filha do maior perigo que os persegue há vinte anos, a mulher que raptou Luz. Tem com Madalena uma relação de amor-ódio. Ele guarda a chave que pode travá-la. Resta saber se a vai usar.